LUFTHANSA GROUP – Atualizações sobre as regras de ingresso na Alemanha

Home - LUFTHANSA GROUP – Atualizações sobre as regras de ingresso na Alemanha

Desde o último mês de Janeiro, o Brasil – juntamente com outros países – foi enquadrado pelas autoridades alemães no grupo de regiões consideradas de risco devido à detecção de variantes do coronavírus. Em decorrência disso, algumas restrições adicionais foram impostas ao ingresso de passageiros provenientes do Brasil na Alemanha; restrições estas que acabam de ser prorrogadas até 03MAR21.

Sendo assim, a Lufthansa poderá transportar em seus voos partindo do Brasil até 03MAR21 (incluindo esta data) somente passageiros que se encaixem nos seguintes critérios:

– passageiros com cidadania alemã e seus parentes imediatos (pais, filhos, cônjuge ou companheiro de união estável), contanto que viajem juntos *NOVO*
– passageiros com residência permanente comprovada* na Alemanha ou
– passageiros de outras nacionalidades em trânsito na Alemanha com destino final fora da chamada “área Schengen”** e da China Continental; desde que não saiam da área de trânsito do aeroporto.

Instruções para a reemissão de bilhetes de passageiros não autorizados a voar por conta das regras de ingresso na Alemanha Leiam atentamente conforme segue abaixo:

Passageiros que tenham sido afetados pela regulamentação de viagens para a Alemanha em vigor e que, portanto, não estejam autorizados a viajar neste período devem ter seus bilhetes remarcados da seguinte forma:

  • passageiros que viajariam para a Alemanha como destino final ou para países fora da área Schengen (exceto a China) continuarão com seus voos confirmados no sistema – status “HK” – e portanto deverão ter seus bilhetes remarcados seguindo a Política de Waiver do Lufthansa Group – TWP 2101. Lembramos que, de acordo com a TWP 2101, a remarcação / reemissão de bilhetes emitidos até/em 31 de agosto de 2020 pode ser realizada até 31 de maio de 2021, sendo que a nova viagem deve ter início até no máximo 31 de dezembro de 2021. Bilhetes emitidos após esta data já contam com opções flexíveis de remarcação em suas condições tarifárias – e como tais tarifas já podem ser remarcadas tantas vezes quantas forem necessárias sem taxa de alteração, nenhuma política de remarcação se faz necessária para os bilhetes emitidos após esta data. < /li>
  • passageiros que fariam conexão na Alemanha com destino à China ou a um país da área Schengen terão seus voos automaticamente alterados para o status “UN” e portanto devem ter seus bilhetes remarcados seguindo a Política de Remarcação Involuntária do Lufthansa Group, sem a necessidade de nenhuma autorização prévia por parte do Lufthansa Group.

Mais uma vez, pedimos a sua ajuda para informar seus passageiros que não estarão autorizados a embarcar neste período que não se dirijam ao aeroporto, evitando assim deslocamentos desnecessários.

Outras informações importantes para passageiros viajando para a Alemanha

Destacamos ainda que todos os passageiros autorizados a voar para/via Alemanha devem obrigatoriamente apresentar no momento do embarque um resultado negativo para teste da Covid-19. São aceitos testes do tipo RT-PCR, antígeno, TMA ou LAMP realizados de acordo com as diretrizes do Instituto Robert Koch. Os testes devem ser feitos com no máximo 48 horas de antecedência, levando-se em conta o horário de coleta do exame e o horário estimado de pouso na Alemanha, em horário local. Os resultados deverão ser apresentados no check-in da empresa em inglês ou alemão, em formato impresso ou digital, mencionando o dia e o horário em que a coleta foi realizada. Por ora, comprovantes de imunidade ou de vacinação não são aceitos em substituição ao resultado do teste. Crianças com menos de 6 anos estão isentas da obrigatoriedade de apresentação do resultado do teste.

Vale lembrar que o Lufthansa Group estabeleceu parcerias estratégicas com dois centros de saúde de excelência no Brasil, o Hospital Alemão Oswaldo Cruz e a CR Diagnósticos (unidade do Aeroporto Internacional de Guarulhos), concedendo a seus passageiros desconto de 10% na realização de testes da Covid-19. Os testes realizados por ambos as instituições respondem aos critérios estabelecidos pelas autoridades sanitárias alemãs; mais informações sobres estas parcerias, custos e prazo para disponibilização dos resultados podem ser encontradas aqui.

Além do teste, tais passageiros devem preencher antes de embarcar o formulário digital DEA – Digital Electronic Form e observar as regras de quarentena em vigor após sua chegada na Alemanha.

Desde fevereiro, também passaram a vigorar novas regras sobre o uso de máscaras em voos operados pela Lufthansa. A fim de padronizar e garantir que todos utilizem máscaras consideradas seguras pelas autoridades científicas, apenas máscaras de uso hospitalar (máscara cirúrgica) ou máscaras faciais filtrantes (FFP) sem válvula acoplada – padrão KN95 / N95 – serão autorizadas a bordo de voos de/para a Alemanha. Máscaras de tecido não serão mais aceitas após esta data, já que as mesmas não obedecem a um padrão único. As máscaras faciais devem ser utilizadas tanto por passageiros quanto por tripulantes no embarque, durante todo o voo e no desembarque da aeronave. > Mais informações

Diante do dinamismo da situação, o Lufthansa Group recomenda veementemente que seus passageiros consultem constantemente as regulamentações de viagem mais atuais em seu destino antes de viajar. Para isso, compilamos as mais recentes instruções para viagens entre as mais diversas origens e destinos nas páginas Lufthansa Travel Regulations e SWISS Travel Regulations. Além disso, solicitamos que todos os passageiros se certifiquem de ter seus dados de contato inseridos em suas reservas a fim de serem notificados automaticamente acerca de qualquer eventual alteração na programação de seu voo.

Gostou? Compartilhe!

Write your comment Here

SAO: (11) 3136-0968 | CWB: (11) 3136.0968 | Demais localidades: 3003-2233

1234-123-123

3481 Melrose Place, Beverly Hills CA 90210