Restrições para a entrada de passageiros na China

Home - Restrições para a entrada de passageiros na China

Desde o último dia 05/11/2020, o Governo Chinês, impôs mais algumas restrições para a entrada de passageiros na China. Todos os passageiros, sejam eles, chineses, brasileiros ou de qualquer outra nacionalidade, devem seguir o mesmo procedimento, independentemente da idade.

Seguem as novas restrições vigentes desde 05/11:
– Todos os passageiros, devem fazer os testes PCR e IGM ( obrigatório fazer os dois) dentro de 48 horas antes da saída do Brasil;
– Após o resultados negativos, esses exames devem ser enviados para o Consulado/Embaixada da China via e-mail, para que recebam o código HS (Cidadãos Chineses) ou código HDC (Brasileiros e estrangeiros), permitindo a viagem;
– Ao chegar no país de trânsito, os passageiros devem repetir esses testes e solicitar novamente a liberação do Consulado/Embaixada da China;
– Somente após a liberação pelo Consulado deste último teste feito no país de trânsito, o passageiro poderá seguir com sua viagem ao destino final.

Atualização da última semana:
– A Lufthansa, junto com o Aeroporto de FRA e Laboratórios especializados, montaram um laboratório para testar os passageiros que vão para a China, dentro da área de Trânsito do Aeroporto de FRA – este laboratório já estará disponível para nossos passageiros a partir do dia 16/11/2020;
– Alteramos o horário de nossas conexões para a China para que haja tempo hábil para nossos passageiros fazerem os testes e receberem a autorização do Consulado para que possam embarcar rumo ao destino final;
– É muito importante que os passageiros sejam informados de todos esses procedimentos, inclusive que o exame feito em FRA, deve ser agendado e pago com antecedência.

Além disso, segue também a política de waiver TWP2014, caso seu passageiro prefira remarcar a viagem para uma data futura.

Todas as ações acima são uma exigência do Governo Chinês e estão sujeitas a mudanças a qualquer momento.


Nota do Governo Chinês:

A Embaixada da República Popular da China cumprimenta atenciosamente o Ministério das Relações Exteriores da República Federativa do Brasil e em referência à nota verbal no174/2020 de 30 de outubro, tem a honra de vir por este meio informar o seguinte:

A partir de 11 de novembro de 2020, viajantes estrangeiros que partirem do Brasil à China devem fazer solicitação online de Código de Carta de Declaração de Saúde com a marca “HDC”. Viajantes estrangeiros podem acessar o site HRHK por meio de computador ou celular, preenchendo as informações online, declarando o estado de saúde e carregando os resultados de testes de ácido nucleico (PCR) e IgM anti-corpo para covid-19 e outros materiais solicitados.

As informações acima referidas serão verificada pela Embaixada/consulados da China e Código de Carta de Declaração de Saúde com a marca “HDC” (versão eletrônica) será emitido pela forma de código QR no mesmo site. Viajantes estrangeiros são solicitados a apresentar versão eletrônica ou impressa do código QR no embarque para que a companhia aérea faça a verificação.

A Embaixada da República Popular da China dispõe desta oportunidade para reiterar ao Ministério das Relações Exteriores da República

Gostou? Compartilhe!

Write your comment Here

SAO: (11) 3389-0000 | CWB: (41) 3069-7400 | Demais localidades: 3003-2233

1234-123-123

3481 Melrose Place, Beverly Hills CA 90210