Holanda flexibiliza exigências de testes de COVID para entrada e conexão no país

Home - Holanda flexibiliza exigências de testes de COVID para entrada e conexão no país

A partir de 16 de março, um teste rápido adicional não é mais necessário para passageiros em transferência. A nova política de teste contra a COVID aceita pelo governo holandês é a que segue:

• Passageiros que fizerem conexão na Holanda e continuarem a viajar de avião precisam apresentar somente um resultado negativo do teste NAAT (PCR)* emitido 72 horas antes da chegada em Amsterdã.
• Todos os clientes (maiores de 13 anos) que viajam de países de alto risco, que inclui o Brasil, devem apresentar: resultado de teste NAAT (PCR) negativo** emitido dentro de 24 horas antes do embarque (em vez de 12 horas) OU, devem apresentar um resultado de teste rápido negativo emitido dentro de 24 horas antes do embarque (em vez de 4 horas) e um resultado de teste NAAT (PCR)** negativo emitido dentro de 72 horas antes da chegada em Amsterdã.

Estão permitidos viajar para a Holanda, como destino final, e como conexão para a União Europeia:
• Cidadãos Holandeses e da zona Schengen;
• Residentes da Holanda e da zona Schengen;
• Equipes médicas;
• Equipes marítimas;
• Tripulantes de companhias aéreas.

Gostou? Compartilhe!

Write your comment Here

SAO: (11) 3136-0968 | CWB: (11) 3136.0968 | Demais localidades: 3003-2233

1234-123-123

3481 Melrose Place, Beverly Hills CA 90210